quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Prêmio Jabuti terá nova apuração em cinco categorias



O Prêmio Jabuti 2014 terá uma nova apuração em cinco categorias, anunciaram a Câmara Brasileira do Livro (CBL) e o Conselho Curador do prêmio. A decisão foi tomada "para garantir absoluta igualdade de critérios a todos os concorrentes do Jabuti" e "reparar de modo pleno a não atribuição de notas a alguns quesitos e obras finalistas".

Na apuração dos vencedores das 27 categorias, realizada na semana passada em São Paulo, algumas categorias tiveram casos em que um jurado tentou manipular ou se abster de dar votos, o que contraria as regras.


Com a nova regra de notas, segundo a qual a avaliação dos três jurados de cada categoria só pode variar de oito a dez em cada um três quesitos, tornou-se impossível a manipulação matemática de resultados, como aconteceu em 2012 com o jurado C, o crítico literário Rodrigo Gurgel, na categoria romance.

É por isso que não será reapurada a categoria Contos e Crônicas desse ano. O jurado B tentou manipular o resultado ao dar notas oito aos cinco concorrentes mais famosos da categoria, os escritores Cristóvão Tezza, Luiz Vilela, Rubem Fonseca, Milton Hatoum e Antonio Prata. Impossibilitado de dar zero, a tentativa do jurado B foi frustrada. Rubem Fonseca venceu a categoria Contos e Crônicas com "Amálgama" (Nova Fronteira). Luiz Vilela, com "Você verá" (Record), ficou em segundo lugar. Os curadores decidiram por um empate no terceiro lugar entre Antonio Prata, com "Nu, de botas" (Cia das Letras), e Milton Hatoum, com "Um solitário à espreita" (Cia das Letras).

No entanto, alguns jurados nas categorias Capa; Artes e Fotografia; Economia, Administração e Negócios; Teoria e Crítica Literária; e Literatura Infantil entregaram cédulas em branco ou rasuradas, o que contraria o regulamento do prêmio.

Na apuração, na quinta-feira da semana passada, o conselho curador decidiu dar a nota mínima, oito, nos casos de votos nulos ou inválidos. A equipe mudou de ideia agora e vai acionar os jurados que não cumpriram o regulamento para refazer a apuração. A nova apuração vai acontecer nesta quinta-feira, na sede da CBL, a partir das 13h.

O conselho curador também se desculpou "pelos contratempos e desconfortos que a situação possa acarretar aos concorrentes".

domingo, 19 de outubro de 2014

Marina Colasanti, com “Breve história de um pequeno amor”, vence Prêmio Jabuti na categoria Infantil



Obra foi lançada em 2013 pela Editora FTD, que pelo segundo ano consecutivo está entre os vencedores do Prêmio

A autora Marina Colasanti, com o livro Breve história de um pequeno amor, lançado em 2013 pela Editora FTD, foi a vencedora do Prêmio Jabuti na categoria Infantil. Este é segundo ano consecutivo que a Editora FTD é premiada na categoria infantil. Na edição de 2013, conquistou o terceiro lugar com o livro A Ilha do Crocodilo - contos e lendas do Timor Leste, de autoria de Geraldo Costa.

O Prêmio é tido como o mais importante e tradicional do mercado editorial brasileiro. Nesta fase final, a obra concorreu com outros onze finalistas. O anúncio foi feito na última quinta-feira (16), pela Câmara Brasileira do Livro (CBL), responsável pela organização.

Vencedor também do Prêmio FNLIJ 2014, Breve História de um Pequeno amor, conta a história de uma escritora que encontra um ninho com dois filhotes de pombo. Por meio de uma prosa poética, o leitor compartilha as hesitações e os sucessos de uma história de crescimento e desenvolvimento. Como o próprio nome da obra diz, esta é uma história de amor, mas também de ciúme, aflição, paciência, saudade, preocupação, entre outros sentimentos.

Marina Colasanti, que já recebeu o Prêmio Jabuti em 2010, nasceu em Asmara, na Eritreia, país vizinho ao Sudão e à Etiópia, mas veio para o Brasil ainda menina. Em 1952, ingressou na Escola Nacional de Belas Artes. Trabalhou em jornais como editora, cronista, redatora e ilustradora, dedicando-se paralelamente à literatura.

A autora tem mais de trinta livros publicados entre contos, crônicas, poesias, ensaios e livros infantis. Reúne em sua biografia inúmeros sucessos, como: Eu sozinha, Nada na manga, A morada do ser, Contos de amor rasgados, dirigidos ao público adulto.

Em 1979, publicou Uma ideia toda azul, seu primeiro livro para crianças. Deu continuidade a esse trabalho escrevendo Doze reis e a moça no labirinto do vento, O lobo e o carneiro no sonho da menina, Um amigo para sempre, Intimidade pública, Entre a espada e a rosa, tendo ilustrado a maioria de suas obras infantis e juvenis.

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Mario Augusto Jakobskind lança livro de entrevistas fictícias com grandes nomes



O jornalista e escritor Mario Augusto Jakobskind lança hoje (17/10), às 18h30, no Rio de Janeiro, seu novo livro: Parla - As entrevistas que não foram realizadas. A obra é composta de entrevistas inventadas com figuras importantes da história, como Leonel Brizola, Glauber Rocha, Salvador Allende e Barbosa, goleiro da Seleção Brasileira, que comentam acontecimentos recentes como a Copa do Mundo de 2014.

É uma ficção que tem por base a realidade nacional e internacional. Vários personagens, vivos ou que já não estão mais aqui, aparecem nas páginas do livro, debatendo os mais diversos problemas, atuais ou passados, agrupados nas editorias dos "Vivos Vivíssimos" e dos "Mortos-Vivos ainda Vivíssimos". O autor se utiliza da técnica de reportagem para desenvolver os pensamentos dos entrevistados, em linguagem acessível a todos os públicos. Melhor do que adjetivos, vale uma explicação de Mário Augusto Jakobskind sobre o Parla!, que, segundo o cartunista Jaguar, escreveu "um livro fundamental, que elucida e diverte e que revela, quem diria, um novo humorista no pedaço".


O livro é a segunda edição de um volume homônimo lançado em 2002. Esta, no entanto, não se trata apenas de uma segunda edição, mas de um livro completamente diferente, pois, segundo o autor, "98% do livro é absolutamente novo". Ele conta que a ideia para o livro veio quando ele participou, como acompanhante, de uma entrevista que um amigo dava à revista Veja sobre a Lei da Anistia. "Eu acompanhei com máxima atenção a entrevista e na edição saiu justamente o que ele não falou. Aí eu pensei que qualquer entrevista feita pela mídia corporativa poderia ser inventada". A partir daí, o jornalista passou a criar entrevistas fictícias com figuras importantes que já se foram. "Se a revista Veja fez isso e faz isso constantemente, acho que esse livro faz com muito mais criatividade", enfatiza.

O livro segue o percurso de dois repórteres, Armando Esadof e Ahmed al-Jazon, que se encarregam realizar diversas pautas no Brasil e em várias outras partes do mundo.

Serviço:
Evento: Lançamento do livro "Parla - As entrevistas que não foram realizadas"
Data: 17/10 (sexta-feira)
Horário: 18h30
Local: Café Doce Momento (Rua Domingos Ferreira, 176/8-A, próximo ao Teatro SESC de Copacabana - Rio de Janeiro-RJ)

Prêmio Jabuti: conheça a lista dos vencedores da 56ª edição


Cerimônia será em 18 de novembro no Auditório Ibirapuera, em São Paulo
 
O Prêmio Jabuti anunciou nesta quinta-feira (16/10) os vencedores de cada uma das 27 categorias de sua 56ª edição. Os três primeiros colocados foram escolhidos em uma lista que contava com dez obras em cada delas. A cerimônia de premiação está marcada para o dia 18 de novembro, no Auditório Ibirapuera, em São Paulo.

Lira Neto
Entre os agraciados, Lira Neto venceu na categoria Biografia com seu "Getúlio - Do governo provisório à ditadura do Estado Novo (1930-1945)", publicado pela Companhia das Letras. Rodrigo Alzuguir ficou em segundo lugar com "Wilson Baptista: o samba foi sua glória" (Casa da Palavra)", e o terceiro foi para Mary Del Priore, com "O castelo de papel" (Rocco), sobre a Princesa Isabel e seu marido, o Conde D'Eu.
 
Laurentino Gomes
Laurentino Gomes levou a categoria Reportagem com "1889" (Globo). "Holocausto brasileiro" (Geração Editorial), de Daniela Arbex ficou em segundo lugar. Em terceiro, ficou Vera Gertel, com "Um gosto amargo de bala" (Civilização Brasileira). Bernardo Carvalho ficou em primeiro lugar na categoria Romance com "Reprodução" (Cia das Letras). Michel Laub ficou em segundo com "A maçã envenenada" (Cia das Letras). "Opisanie Swiata" (Cosac & Naify), de Veronica Stigger, ficou em terceiro lugar.

O resultado foi validado pelo Conselho Curador do prêmio e pela Auditoria Parker & Randall. O júri com especialistas de cada categoria será revelado na entrega do prêmio, quando serão anunciados os Livros do Ano de Ficção e Não Ficção. A escritora e professora Marisa Lajolo assumiu a curadoria e o Conselho Curador, desde 2012, tem Antonio Carlos de Moraes Sartini, Frederico Barbosa, Luis Carlos de Menezes e Márcia Lígia Guidin.

Confira abaixo a lista completa dos vencedores:

Capa
1ºlugar – A São Paulo de German Lorca = The São Paulo of German Lorca – Capista: Edson Lemos – Editora: Imesp
2ºlugar -  Graffiti fine art – Capista: Raquel Matsushita – Editora: Sesi
3ºlugar -  MURPHY – Capista: PAULO ANDRÉ CHAGAS – Editora: Cosac & Naify Edições

Ilustração
1ºLugar –BRASIL – Imagens sob a Ótica da Artista Meire de Oliveira – Ilustrador(a): Meire de Oliveira – Editora: MEIRE DE OLIVEIRA
2ºLugar -  Storynhas – Ilustrador(a): Laerte – Editora: Companhia Das Letras
3ºLugar -  DECAMERON: GIOVANNI BOCCACCIO – Ilustrador(a): ALEX CERVENY – Editora: Cosac & Naify Edições

Ilustração de Livro Infantil ou Juvenil
1ºLugar -  Bárbaro – Ilustrador(a): Renato Moriconi – Editora: Companhia Das Letras
2ºLugar -  NANINQUIÁ – A MOÇA BONITA – Ilustrador(a): Ciça Fittipaldi – Editora: Editora Dcl
3ºLugar -  Conselho – Ilustrador(a): Odilon Moraes – Editora: Gráfica Editora Stamppa/ Escrita Fina Ediçõe/ Tinta Negra Bazar Editorial

Arquitetura e Urbanismo
1º Lugar –As Minas de Ouro e a formação das Capitanias do Sul – Autor: Nestor Goulart Reis Filho – Editora: Via das Artes
2º Lugar –Preservação e Restauro Urbano: Intervenções em Sítios Históricos Industriais – Autor: Manoela Rossinetti Rufinoni – Editora: Editora Fap-Unifesp
3º Lugar – Cidadela da Liberdade: Lina Bo Bardi e o Sesc Pompéia – Autores: Andre Vainer e Marcelo Ferraz – Editora: Edições Sesc SP
In memoriam - Ministério da Educação e Saúde. Ícone urbano da modernidade brasileira – Autor: Roberto Segre – Editora: Romano Guerra

Artes e Fotografia
1º Lugar –Walter Zanini: escrituras críticas – Autor: Cristina Freire (organizadora) – Editora: Annablume editora e comunicação
2º Lugar -  MARCELLO GRASSMANN 1942-1955 – Autor: Mayra Laudanna; Leon Kossovitch – Editora: Editora da Universidade de São Paulo
3º Lugar -  Norberto Nicola: trama ativa = Norberto Nicola: living texture – Autor: Denise Mattar – organizadora – Editora: Imesp

Biografia
1º Lugar – Getúlio – Do governo provisório à ditadura do Estado Novo (1930-1945) – Autor: Lira Neto – Editora: Companhia Das Letras
2º Lugar -  Wilson Baptista: o samba foi sua glória! – Autor: Rodrigo Alzuguir – Editora: Casa da Palavra
3º Lugar -  O castelo de papel – Autor: Mary del Priore – Editora: Editora Rocco




Ciências Exatas, Tecnologia e Informática
1ºLugar –Estrutura atômica, ligações e estereoquímica – Autor: Henrique Eisi Toma – Editora: Editora Edgard Blucher
2ºLugar - O cerne da matéria – A aventura científica que levou à descoberta do bóson de Higgs – Autor: Rogério Rosenfeld – Editora: Companhia Das Letras
3ºLugar - Ciência do futuro e futuro da ciência: redes e políticas de nanociência e nanotecnologia no Brasil – Autor: Jorge Luiz dos Santos Junior – Editora: Editora da Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Ciências Humanas
1º Lugar -  O Mapa que Inventou o Brasil – Autor: Júnia Ferreira Furtado – Editora: versal Editores
2º Lugar -  Atlântico: A história de um oceano&34; [editora Civilização Brasileira] – Autor: Francisco Eduardo Alves de Almeida, Francisco Carlos Teixeira da Silva e Karl Schurster de Sousa Leão – Editora: Editora José Olympio
3º Lugar - Compêndio de Ciência da Religião – Autor: Frank Usarski e João Décio Passos – Editora: Editora Paulinas

Ciências Naturais
1º Lugar – Livro Vermelho da Flora do Brasil – Autor: Gustavo Martinelli e Miguel Avila Moraes (orgs.) – Editora: Andrea Jakobsson Estúdio Editorial Ltda.
2º Lugar -  PEIXES DO RIO MADEIRA – Autor: vários – Editora: Dialeto Latin American Documentary.
3º Lugar -  Guia dos Anfíbios da Mata Atlântica – Diversidade e Biologia – Autor: Célio F. B. Haddad et al. – Editora: Anolis Books

Ciências da Saúde
1º Lugar –TRATADO DE ONCOLOGIA – Autor: PAULO MARCELO GEHM HOFF – Editora: Editora Atheneu
2º Lugar - MEDICINA RESPIRATÓRIA – Autor: CARLOS ALBERTO DE CASTRO PEREIRA – Editora: Editora Atheneu
3º Lugar - MEDICINA INTENSIVA FUNDAMENTOS E PRÁTICA – Autor: DANTE SENRA – Editora: Editora Atheneu

Comunicação
1º Lugar – Mídia e política na América Latina – Globalização, democracia e identidade&34; [editora Civilização Brasileira] – Autor: Carolina Matos – Editora: Editora José Olympio
2º Lugar – Comunicação ubíqua: repercussões na cultura e na educação. – Autor: Lucia Santaella – Editora: Paulus Editora
3º Lugar - O rosto e a máquina: o fenômeno da comunicação visto dos ângulos humano, medial e tecnológico. – Autor: Ciro Marcondes Filho – Editora: Paulus Editora

Rubem Fonseca
Contos e Crônicas
1ºLugar – Amálgama – Autor: Rubem Fonseca – Editora: Nova Fronteira
2ºLugar - Você verá – Autor: Luiz Vilela – Editora: Editora Record
3ºLugar - Nu, de botas – Autor: Antonio Prata – Editora: Companhia Das Letras
3ºLugar - Um solitário à espreita – Autor: Milton Hatoum – Editora: Companhia Das Letras


Didático e Paradidático
1º Lugar – Alfabeto escalafobético – Autor: Claudio Fragata – Editora: Jujuba Editora
2º Lugar - Para ler e ver com olhos livres – Autor: Flávia Aidar e Januária Cristina Alvesibi – Editora: Nova Fronteira
3º Lugar - 
Crônicas da norma pequenas histórias gramaticais – Autor: Blandina Franco, José Carlos Lollo e Gabriel Perissé – Editora: Callis Editora

Direito
1º Lugar – Como decidem as cortes?: para uma crítica do direito (brasileiro) – Autor: José Rodrigo Rodriguez – Editora: Fundacao Getulio Vargas
2º Lugar – Série IDP – Comentários à Constituição do Brasil – Autor: Ingo Wolfgang Sarlet, Lenio Luiz Streck, Gilmar Ferreira Mendes,  Léo Ferreira Leoncy  (coords.) – Editora: Editora Saraiva
3º Lugar – Fundamentos para uma teoria jurídica das políticas públicas – Autor: Maria Paula Dallari Bucci – Editora: Editora Saraiva

Economia, Administração e Negócios
1º Lugar – Os limites do possível – A economia além da conjuntura – Autor: André Lara Resende – Editora: Companhia Das Letras
2º Lugar – O futuro da indústria no Brasil [editora Civilização Brasileira] – Autor: Edmar Bacha e Monica de Bolle – Editora: Editora José Olympio
3º Lugar – MONARQUIA, LIBERALISMO E NEGÓCIOS NO BRASIL: 1780-1860 – Autor: Izabel Andrade Marson; Cecília H. de S. Oliveira – Editora: Editora da Universidade de São Paulo

Educação
 1º Lugar – Tenho um aluno surdo, e agora? Introdução à Libras e educação de surdos – Autor: Cristina B F Lacerda e Lara F Santos (Orgs) – Editora: Edufscar – Editora Da Universidade Federal De São Carlos
2º Lugar – Aberturas para história da educação – Autor: Dermeval Saviani – Editora: Editora Autores Associados
3º Lugar – Na trilha da gramática – conhecimento linguístico na alfabetização e letramento – Autor: Luiz Carlos Travaglia – Editora: Cortez

Gastronomia
1ºLugar – EXPEDIÇÃO BRASIL GASTRONÔMICO – MG-RJ-PE-CE-RN-AM – Autor: Guta Chaves; Dolores Freixa – Editora: Editora Melhoramentos
2ºLugar - Os banquetes do Imperador – Autor: FRANCISCO LELLIS E ANDRÉ BOCCATO – Editora: Senac – Serviço Nacional De Aprendizagem Comercial
3ºLugar - Sou barista – Autor: CONCETTA MARCELINA E CRISTIANA COUTA – Editora: Senac – Serviço Nacional De Aprendizagem Comercial

Infantil
1º Lugar – Breve história de um pequeno amor – Autor: Marina Colasanti – Editora: Editora Ftd
2º Lugar - Da Guerra dos Mares e das Areias: fábula sobre as marés – Autor: Pedro Veludo – Editora: Editora Quatro Cantos
3º Lugar - Poemas que escolhi para crianças – Autor: Ruth Rocha – Editora: Editora Moderna

Juvenil
1º Lugar – Fragosas Brenhas do Mataréu – Autor: Ricardo Azevedo – Editora: Ática Editora
2º Lugar - As gêmeas da família – Autor: Stella Maris Rezende – Editora: Editora Globo
3º Lugar - UMA ESCURIDÃO BONITA – Autor: ONDJAKI – Editora: Pallas Editora

Poesia
1º Lugar – Bernini – poemas 2008-2010 – Autor: Horácio Costa – Editora: Horácio Costa
2º Lugar - Jardim das delícias – Autor: Marcus Vinicius Quiroga – Editora: Marcus Vinicius Quiroga
3º Lugar – XIMERIX – Autor: ZUCA SARDAN – Editora: Cosac & Naify Edições

Psicologia e Psicanálise
1º Lugar – O AVESSO DO IMAGINÁRIO – Autor: TANIA RIVERA – Editora: Cosac & Naify Edições
2º Lugar - Antígona e a ética trágica da psicanálise – Autor: Ingrid Vorsatz – Editora: Zahar Editora
3º Lugar - Onde tudo acontece – Cultura e psicanálise no século XXI [editora Civilização Brasileira] – Autor: Giovanna Bartucci – Editora: Editora José Olympio

Reportagem
1º Lugar – 1889 – Autor: Laurentino Gomes – Editora: Editora Globo
2º Lugar - Holocausto brasileiro – Autor: Daniela Arbex – Editora: Geração Editorial
3º Lugar - Um gosto amargo de bala [editora Civilização Brasileira] – Autor: Vera Gertel – Editora: Editora José Olympio

Bernardo Carvalho
Romance
1º Lugar – Reprodução – Autor: Bernardo Carvalho – Editora: Companhia Das Letras
2º Lugar - A maçã envenenada – Autor: Michel Laub – Editora: Companhia Das Letras
3º Lugar - OPISANIE ŚWIATA – Autor: VERONICA STIGGER – Editora: Cosac & Naify Edições





Teoria/Crítica Literária
1º Lugar – Fervor das vanguardas – Autor: Jorge Schwartz – Editora: Companhia Das Letras
2º Lugar - ABENÇOADO & DANADO DO SAMBA: Um Estudo sobre o Discurso Popular – Autor: Ricardo Azevedo – Editora: Editora da Universidade de São Paulo
3º Lugar - Melancolias, Mercadorias – Autor: Walter Garcia – Editora: Ateliê Editorial

Projeto Gráfico
1º Lugar – DECAMERON: GIOVANNI BOCCACCIO – Responsável pelo projeto gráfico: ELAINE RAMOS; TEREZA BETTINARDI – Editora: Cosac & Naify Edições
2º Lugar - ESOPO – FÁBULAS COMPLETAS – Responsável pelo projeto gráfico: FLÁVIA CASTANHEIRA – Editora: Cosac & Naify Edições
3º Lugar - MARCELLO GRASSMANN 1942-1955 – Responsável pelo projeto gráfico: Eunice Liu; Carla Fernanda Fontana – Editora: Editora da Universidade de São Paulo

Tradução
1º Lugar – A anatomia da melancolia – Tradutor(a): Guilherme Gontijo Flores – Editora: Editora UFPR
2º Lugar - Antologia da poesia clássica chinesa – Tradutor(a): Ricardo Primo Portugal – Editora: Unesp
3º Lugar - O capital: crítica da economia política, Livro I: O processo de produção do capital – Tradutor(a): Rubens Enderle – Editora: Boitempo Editorial

Tradução de Obra Literaria Inglês-Português
1º Lugar - Vênus e Adônis – Tradutor(a): Alípio Correia de Franca Neto – Editora: Leya Brasil
2º Lugar – Contos da Cantuária – Tradutor(a): José Francisco Botelho – Editora: Companhia Das Letras
3º Lugar - Ao farol – Tradutor(a): Denise Bottmann – Editora: L&PM EDITORES