quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

Escrito pelo jornalista Ígor Lopes, livro sobre fadista Maria Alcina é lançado no Rio

Cerca de 400 pessoas estiveram presentes no Arouca Barra Clube, na Barra da Tijuca, na noite do dia 28/1, para prestigiar o pré-lançamento do livro Maria Alcina, a força infinita do Fado, de autoria do jornalista Ígor Lopes. A obra aborda a vida e carreira dessa cantora portuguesa, radicada na Cidade Maravilhosa há anos.

O evento contou com a presença de grande parte dos membros da comunidade portuguesa, fãs da cantora, imprensa, responsáveis por entidades lusitanas e autoridades portuguesas, como os deputados José Cesário e Carlos Páscoa, além do Cônsul-Geral de Portugal no Rio de Janeiro, Nuno Bello. O local recebeu também a deputada Martha Rocha e representantes de Teresa Bergher, Otávio Leite e Solange Amaral. O ator global Tony Ramos também marcou presença.


No próximo dia 24, às 16h, Maria Alcina irá fazer um show no Imperator, no Méier, onde haverá também apresentação pública do livro, com sessão de autógrafos.

Maria Alcina canta - e encanta - os convidados
O jornalista Ígor Lopes, Maria Alcina e o ator Tony Ramos

domingo, 24 de janeiro de 2016

sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

Debate e sessão de autógrafos do livro "Os porões da contravenção - Jogo do bicho e ditadura militar"


Autores do livro-reportagem Os Porões da Contravenção, os jornalistas Chico Otávio e Aloy Jupiara participam, no próximo dia 28 (quinta-feira), às 19 horas, na Sociedade Fluminense de Fotografia, em Niterói, de uma mesa de debates sobre o livro que conta os bastidores da contravenção no samba, na política e na polícia do Rio de Janeiro.
Em seguida os jornalistas farão uma noite de autógrafos da obra, lançada pela Editora Record. A mesa de debates acontece na galeria Octavio do Prado, da SFF (Rua Dr. Celestino, 115, Centro), em Niterói. A entrada será gratuita e aberta aos profissionais e estudantes de jornalismo e ao público em geral.

Chico Otávio e Aloy Jupiara

quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

quinta-feira, 7 de janeiro de 2016



Jornalista Ígor Lopes lança no Rio livro-reportagem sobre a fadista Maria Alcina


A cantora portuguesa Maria Alcina, radicada no Rio de Janeiro desde os anos de 1950, é a personagem principal do livro-reportagem Maria Alcina: a força infinita do Fado!, de autoria do jornalista Ígor Lopes. O pré-lançamento da obra será no próximo dia 28, às 19h, no Arouca Barra Clube, na Barra da Tijuca. O evento terá entrada franca, com convite. Uma apresentação pública do livro irá ocorrer na Casa de Viseu do Rio, em março.

A obra conta a vida e obra dessa fadista que alcançou sucesso no Brasil, traçando um paralelo entre a sua história e a luta diária da comunidade portuguesa residente no nosso país. Ao longo de 124 páginas, em uma edição independente, é possível conhecer detalhes da carreira dessa artista, famosa nacional e internacionalmente, cujas fases de maior glamour foram acompanhadas por brasileiros, portugueses e luso-brasileiros.


Maria Alcina nasceu em 1939. É natural da aldeia de Cetos, distrito de Viseu, em Portugal. Veio para o Brasil junto com a mãe nos anos de 1950. O objetivo era encontrar o seu pai que havia deixado Portugal para buscar melhores oportunidades de vida no Brasil, mas a procura não teve um final feliz. Mesmo assim, mãe e filha seguiram com a vida no Rio de Janeiro.

Por aqui, a sua família passou por muitas dificuldades, mas recebeu ajudas também. Com o seu primeiro matrimônio, Alcina pensava que estava mudando de vida. A mudança até que ocorreu, mas foi negativa. Apesar das intempéries, começou a cantar por medo, já que o marido a ameaça caso não convertesse a sua arte em dinheiro. Daí começou uma carreira de grande sucesso na mídia.

Hoje, com 76 anos de idade e mais de 60 anos de carreira, Alcina recorda os momentos de sucesso. Conheceu grandes nomes da sociedade brasileira, teve o seu próprio programa de rádio, atuou em programas de televisão na TV Globo, SBT, TV Tupi, entre outras. Foi capa de revistas, desfilou por muitas vezes nos jornais brasileiros com notícias sobre a sua carreira. Conquistou dezenas de prêmios. Fez uma grande turnê em Portugal, onde virou nome de Avenida na sua terra natal. Abriu uma famosa casa de Fados na Zona Sul do Rio. Gravou LPs, Compactos, dois DVDs (um deles pela Som Livre) e um DVD. Foi protagonista de grandes reportagens e documentários. Cantou ao lado de nomes de vulto do Fado como Amália Rodrigues e Carlos do Carmo. Na televisão, teve como parceiros Dercy Gonçalves e Ary Toledo. Mãe de três meninas, Alcina adota hoje um estilo de vida caseiro.

 “Estou muito feliz com o material apurado pelo Ígor. As histórias, depoimentos e imagens que estão no livro mostram boa parte da minha passagem profissional e pessoal. Não esperava ter esse tipo de trabalho publicado sobre mim. Mas, dessa forma, os meus fãs e o público em geral poderão conhecer um pouco mais a minha carreira e as dificuldades e vitórias que vivi, além dos nomes que me ajudaram”, afirma a fadista Maria Alcina.

Neste livro, Ígor Lopes pretende mostrar, entre fotografias e depoimentos de figuras marcantes e autoridades brasileiras e portuguesas, a vida e obra da fadista e a sua trajetória em prol da divulgação da cultura portuguesa no mundo, em especial no Brasil.

“O mais importante de todo o trabalho de escrita e apuração foi poder ir a fundo em histórias, casos e passagens importantes da carreira e vida da fadista. Foram entrevistados dezenas de nomes, conhecidos ou não, que atestam a imponência da trajetória da cantora e que mostram como a caminhada de Alcina é semelhante a de outros membros da comunidade portuguesa. A diferença é que, através da música e superando muitos desafios, Alcina alcançou o estrelato”, comenta o jornalista Ígor Lopes.

Sobre o autor
Maria Alcina e Ígor Lopes
Ígor Lopes é jornalista; Mestre em Comunicação e Jornalismo pela Universidade de Coimbra, Portugal; Bacharel em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela FACHA, RJ; tem 35 anos de idade; é correspondente no Rio da agência portuguesa Active 4 Consulting e do jornal paulista Mundo Lusíada; editor do site “Incomparáveis”; especialista em comunicação; é detentor de prêmios e distinções no meio jornalístico e literário. Esta é a sua primeira obra. Contatos: igorpereiralopes@gmail.com.

Serviço
Título: Maria Alcina: a força infinita do Fado
Autor: Ígor Lopes
Prefácio: fadista Carlos do Carmo
Data do pré-lançamento: 28/01/2016
Horário: 19h
Local: Arouca Barra Clube - Av. das Américas nº 2.300 - A - Condomínio Jardim Barra da Tijuca

Entrada mediante convites: interessados contatar: 21 3016-2985, dias úteis entre as 8h e 17h.

domingo, 13 de dezembro de 2015

Cidade francesa de Grenoble instala máquinas que distribuem contos gratuitamente


Matéria publicada na seção Ilustrada da Folha de São Paulo, no último dia 8, assinada pelo jornalista Rodolfo Viana, mostra que oito aparelhos, parecidos com os caixas eletrônicos de bancos, sem o monitor, estão espalhados em pontos estratégicos da cidade. O interessado seleciona o texto desejado, clica no botão e, em seguida, a máquina imprime o conto. Em duas semanas, mais de 10 mil contos já foram distribuídos.

Uma excelente ideia, bancada pela Prefeitura local, que poderia ser copiada em todas as cidades do mundo.

Confira a matéria completa no link abaixo:







sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

Câmara Brasileira do Livro anuncia os Livros do Ano e os vencedores do Prêmio Jabuti 2015


A Câmara Brasileira do Livro (CBL) anunciou os nomes dos livros do ano. O Livro do Ano de Ficção é Quarenta dias, de Maria Valéria Rezende (editora Objetiva);  o de Não-Ficção, A casa da vovó – uma biografia de Doi-Codi, de Marcelo Godoy (editora Alameda). A divulgação foi feita na cerimônia de entrega do 57º Prêmio Jabuti, realizada no Auditório Ibirapuera, em São Paulo.

A solenidade, no último dia 3, fechou de forma bastante positiva mais uma edição do Prêmio Jabuti, que foi marcada pela inovação, transparência e número recorde de inscrições – um total de 2.575. As novidades deste ano foram as categorias Adaptação, que reconhece o talento dos escritores que fazem esse trabalho e Infantil Digital. “A CBL acompanha as mudanças do mercado e registra a crescente participação digital no mundo do livro. Esta é a primeira incursão do Prêmio Jabuti no universo tecnológico. Muitas outras virão”, afirma Marisa Lajolo, curadora do prêmio.
Foram também entregues os prêmios aos autores vencedores em cada uma das 27 categorias – primeiro, segundo e terceiros lugares. O escritor Mauricio de Sousa recebeu uma homenagem especial, em razão da relevante contribuição ao prazer da leitura, na formação de milhares de crianças e jovens. Dois personagens entre os mais queridos de Mauricio de Sousa, Chico Bento e Zé Lelé, fizeram um animado desafio no palco do evento. Mônica e Cebolinha não ficaram de fora: eles tiveram a missão de entregar os prêmios a Maria Valéria Rezende, ganhador do Livro do Ano Ficção e a Marcelo Godoy, vencedor do Livro do Ano Não Ficção.
Mais uma novidade foi anunciada por Luís Antonio Torelli, presidente da CBL – o lançamento de um prêmio literário para estudantes de escolas públicas.
Prêmio Jabuti 2015 – O mais importante reconhecimento literário do setor editorial brasileiro evidenciou jovens e desconhecidos talentos, que concorreram com autores consagrados e levaram o prêmio, além das pequenas editoras, responsáveis pela publicação das obras. Outro destaque foi a grande participação de autores de diversas regiões do País. “A credibilidade do Prêmio Jabuti foi comprovada mais uma vez. O prêmio mostra as transformações do mercado editorial e registra as inovações. O Jabuti se renova a cada ano”, ressalta a curadora Marisa Lajolo.
Foram muitas as ações desenvolvidas este ano, que estimularam a leitura, aproximaram escritores e leitores e deram visibilidade às obras. Uma delas foi o Jabuti entre Autores e Leitores. O bate-papo de ganhadores de edições anteriores do prêmio com o público aconteceu em bibliotecas, livrarias e universidades e também em eventos culturais, como FLIP e Fórum das Letras de Ouro Preto. Esses eventos vão continuar em 2016.
Além disso, os vencedores do Jabuti foram destaque nas feiras internacionais de livros, como Guadalajara e Frankfurt. O trabalho realizado pelo Brazilian Publishers, um projeto setorial de fomento às exportações do conteúdo editorial brasileiro – resultado da parceria entre a CBL e a Apex-Brasil (Agência Brasileira de Exportações e Investimentos) dá visibilidade às obras e ajuda a divulgar a crescente qualidade do conteúdo editorial produzido pelos escritores brasileiros. “O prestígio e a credibilidade do Prêmio Jabuti continuarão estimulando a criatividade e o hábito da leitura”, diz Luís Antonio Torelli.
  
Adaptação
1º Lugar –Kaputt – Autor: Guazzelli – Editora: WMF Martins Fontes
2º Lugar –Grande Sertão: Veredas – Graphic Novel – Autor: Guazzelli e Rodrigo Rosa – Editora: Biblioteca Azul
3º Lugar –O Guarani em Cordel – Autor: Klévisson Viana – Editora: Amarylis

Arquitetura, Urbanismo, Artes e Fotografia
1º Lugar –Diálogo com Cartas – Autor: Jocy de Oliveira – Editora: Editora SESI – SP
2º Lugar –Os Pioneiros da Habitação Social no Brasil: Volume 01 – Cem Anos de Política Pública No Brasil – Autor: Nabil Bonduki – Editora: Edições Sesc São Paulo e Editora Unesp
3º Lugar –Arte em Cena: A Direção de Arte no Cinema Brasileiro – Autor: Vera Hamburguer – Editora: Edições Sesc São Paulo e Editora Senac São Paulo

Biografia
1º Lugar –Luís Carlos Prestes – Um Revolucionário Entre Dois Mundos – Autor: Daniel Aarão Reis – Editora: Companhia das Letras
2º Lugar –Nise da Silveira: Caminhos de Uma Psiquiatra Rebelde – Autor: Luiz Carlos Mello – Editora: Automatica Edições – Hólos
3º Lugar –Francisco Julião uma Biografia – Autor: Cláudio Aguiar – Editora: Civilização Brasileira

Capa
1º Lugar – Freud e a Narrativa Paranoica: Schreber Revisitado – Capista: Carolina Aires Sucheuski – Editora: Editora da Universidade de São Paulo
2º Lugar –Raízes Errantes – Capista: Warrakloureiro – Editora: Edições Sesc São Paulo
3º Lugar –Claudius – Capista: Christiano Calvet & Cecilia Costa – Editora: Editora SESI – SP

Ciências da Natureza, Meio Ambiente e Matemática
1º Lugar –Mata Atlântica – Uma História do Futuro – Autor: Fabio Rubio Scarano – Editora: Edições de Janeiro
2º Lugar –Agricultura Conservacionista no Brasil – Autor: Luiz Fernando Carvalho Leite, Giovana Alcântara Maciel e Ademir Sérgio Ferreira de Araújo – Editora: Embrapa
3º Lugar –Una Isi Kayawa – o Livro da Cura – Autor: Agostinho Ika Muru e Alexandre Quinet – Editora: Dantes Editora

Ciências da Saúde
1º Lugar –Tratado de Neuropsiquiatria Neurologia Cognitiva e do Comportamento e Neuropsicologia – Autor: Leonardo Caixeta –Editora: Editora Atheneu
2º Lugar –Tratado de Medicina Interna de Cães e Gatos – Autor: Márcia Marques Jericó, João Pedro de Andrade Neto e Márcia Mery Kogika – Editora: Roca
3º Lugar –Atualização em Hemorragia Digestiva: Novos Conceitos na sua Fisiopatologia, Diagnóstico e Tratamento – Autor:Bruno Zilberstein, Flair José Carrilho, Ivan Cecconello e Luiz Augusto Carneiro D’albuquerque – Editora: Editora Atheneu

Ciências Humanas
1º Lugar –O Brasil Colonial – Autor: João Fragoso; Maria de Fátima Gouvêa – Editora: Civilização Brasileira
2º Lugar – Políticas Culturais e Povos Indígenas – Autor: Pedro de Niemeyer Cesarino e Manuela Carneiro da Cunha – Editora:Editora Unesp – Selo Cultura Acadêmica
3º Lugar –Tortura na Era dos Direitos Humanos – Autor: Nancy Cardia e Roberta Astolfi – Editora: Editora da Universidade de São Paulo

Comunicação
1º Lugar –Gestão dos Jornais Brasileiros na Internet: Um Estudo Sobre os Fatores de Aceitação, Impactos e Oportunidades no Ambiente Digital – Autor: Renato Fonseca Alves de Andrade – Editora: Editora SESI – SP
2º Lugar –Imagem Contestada – A Guerra do Contestado pela Escrita do Diário da Tarde(1912-1916) – Autor: Karina Janz Woitowicz – Editora: Editora UEPG
3º Lugar –Cartas a Lula – o Jornal Particular do Presidente e sua Influência no Governo do Brasil – Autor: Bernardo Kucisnski –Editora: Edições de Janeiro

Contos e Crônicas
1º Lugar –Sem Vista para o Mar. Contos de Fuga. – Autor: Carol Rodrigues – Editora: Edith
2º Lugar –Dez Centímetros Acima do Chão – Autor: Flavio Cafiero – Editora: Cosac Naify
3º Lugar –Olhos D’água – Autor: Conceição Evaristo – Editora: Pallas Editora

Didático e Paradidático
1º Lugar –Arte é Infância – Autor: Vivian Caroline Lopes – Editora: Ciranda Cultural
2º Lugar –Almanaque da Banda Gigante – Autor: Lu Lopes – Editora: Editora SESI – SP
3º Lugar –Por Toda Parte – Volume Único – Autor: Solange Santos Utuari Ferrari, Daniela Leonardi Libâneo, Fábio Sardo e Pascoal Fernando Ferrari. – Editora: FTD Educação

Direito
1º Lugar –Direitos Fundamentais das Pessoas em Situação de Rua – Autor: Ada Pellegrini Grinover, Gregório Assagra de Almeida, Miracy Gustin, Paulo Cesar Vicente de Lima, Rodrigo Iennaco – Editora: Editora D’Plácido
2º Lugar –Justiça Restaurativa e Abolicionismo Penal – Contribuições para Um Novo Modelo de Administração de Conflitos no Brasil – Autor: Daniel Achutti – Editora: Editora Saraiva
3º Lugar –Violência X Cidade: o Papel do Direito Urbanístico na Violência Urbana – Autor: Paulo Afonso Cavichioli Carmona –Editora: Marcial Pons

Economia, Administração, Negócios, Turismo, Hotelaria e Lazer
1º Lugar –Estranhas Catedrais. As Empreiteiras Brasileiras e a Ditadura Civil-militar. 1964-1988 – Autor: Pedro Henrique Pedreira Campos – Editora: EDUFF – Editora da Universidade Federal Fluminense
2º Lugar –A Humanidade Contra as Cordas – Autor: Eduardo Felipe P. Matias – Editora: Paz e Terra
3º Lugar –Inflação e Crises – o Papel da Moeda – Autor: Affonso Celso Pastore – Editora: Elsevier

Educação e Pedagogia
1º Lugar –Práticas da Interdisciplinaridade no Ensino e Pesquisa – Autor: Arlindo Philippi Jr e Valdir Fernandes – Editora:Editora Manole
2º Lugar –Altas Habilidades/Superdotação, Inteligência e Criatividade: Uma Visão Multidisciplinar – Autor: Angela Virgolim / Elisabete Konkiewitz (orgs.) – Editora: Papirus Editora
3º Lugar –Da Autoridade Pedagógica à Amizade Intelectual Uma Plataforma para o Éthos Docente – Autor: Julio Groppa Aquino – Editora: Cortez Editora

Engenharias, Tecnologias e Informática
1º Lugar – Transportes: História, Crises e Caminhos – Autor: Vicente de Brito Pereira – Editora: Civilização Brasileira
2º Lugar – Robótica Móvel – Autor: Organizadores: Roseli Aparecida Francelin Romero, Edson Prestes, Fernando Osório e Denis Fernando Wolf – Editora: LTC Editora
3º Lugar – Fontes Renováveis de Energia – Autor: Ennio Peres da Silva – Editora: Editora Livraria da Física

Gastronomia
1º Lugar – Gente do Mar – Vida e Gastronomia dos Pescadores Brasileiros – Autor: Ricardo Maranhão – Editora: Editora Terceiro Nome
2º Lugar – O País Das Bananas – Autor: J. A. Dias Lopes – Editora: Companhia Editora Nacional
3º Lugar – À Francesa : A Belle Époque do Comer e do Beber no Recife – Autor: Frederico de Oliveira Toscano – Editora: Cepe Editora

Ilustração
1º Lugar – Claudius – Ilustrador(a): Claudius Ceccon – Editora: Editora SESI – SP
2º Lugar – Lobisomem sem Barba – Ilustrador(a): Wagner Willian – Editora: Balão Editorial
3º Lugar – Labirinto – Ilustrador(a): Alex Cerveny – Editora: Editora Neotropica

Ilustração de Livro Infantil ou Juvenil
1º Lugar – A Força da Palmeira – Ilustrador(a): Anabella López – Editora: Pallas Míni
2º Lugar – Os Três Ratos de Chantilly – Ilustrador(a): Alexandre Camanho – Editora: Editora Pulo do Gato
3º Lugar –O Livro do Acaso – Ilustrador(a): Nelson Cruz – Editora: Abacatte Editorial

Infantil
1º Lugar – A História Verdadeira do Sapo Luiz – Autor: Luiz Ruffato – Editora: Editora DSOP
2º Lugar – A Roupa Nova do Arco-da-velha – Autor: Flávia Savary – Editora: Editora Cidade Nova
3º Lugar –A Raiva – Autor: Blandina Franco e José Carlos Lollo – Editora: Zahar

Infantil Digital
1º Lugar – Meu Aplicativo de Folclore – Autor: Ricardo Azevedo – Editora: Editora Ática
2º Lugar – Via Láctea de Olavo Bilac – Autor: Samira Almeida E Fernando Tangi – Editora: Storymax
3º Lugar – Flicts – Autor: Ziraldo – Editora: Editora Melhoramentos e Engenhoca

Juvenil
1º Lugar – A Linha Negra – Autor: Mario Teixeira – Editora: Editora Scipione
2º Lugar – Os Olhos Cegos dos Cavalos Loucos – Autor: Ignácio de Loyola Brandão – Editora: Editora Moderna
3º Lugar – Memórias Quase Póstumas de Machado de Assis – Autor: Álvaro Cardoso Gomes – Editora: FTD Educação

Poesia
1º Lugar – Corpo de Festim – Autor: Alexandre Guarnieri – Editora: Confraria do Vento
2º Lugar – Clio – Autor: Marco Lucchesi – Editora: Globo Livros
3º Lugar – A Comedia de Alissia Bloom – Autor: Manoel Herzog – Editora: Editora Patuá

Projeto Gráfico
1º Lugar – Livro dos Ex-libris – Responsável pelo projeto gráfico: Ana Luisa Escorel/Ouro Sobre Azul – Editora: Imprensa Oficial do Estado e Academia Brasileira de Letras
2º Lugar – O Gráfico Amador: As Origens da Moderna Tipografia Brasileira – Responsável pelo projeto gráfico: Mayumi Okuyama – Editora: Verso Brasil Editora
3º Lugar –  Cidade Imaginária – Responsável pelo projeto gráfico: Anico Herskovits – Editora: Letra 1

Psicologia, Psicanálise e Comportamento
1º Lugar – O Tronco e os Ramos – Estudos de História da Psicanálise – Autor: Renato Mezan – Editora: Companhia das Letras
2º Lugar – A Fabricação do Humano. Psicanálise, Subjetivação e Cultura – Autor: Joel Birman (org) – Editora: Zagodoni Editora
3º Lugar – Deus Analisado – os Católicos e Freud – Autor: Ricardo Torri de Araújo – Editora: Edições Loyola

Reportagem e Documentário
1º Lugar – A Casa da Vovó – Uma Biografia do Doi – Codi (1969-1991), o Centro de Sequestro, Tortura e Morte da Ditadura Militar. – Autor: Marcelo Godoy – Editora: Alameda Casa Editorial
2º Lugar – 1964 Na Visão do Ministro do Trabalho de João Goulart – Autor: Almino Affonso – Editora: Imprensa Oficial do Estado – IMESP e FUNDAP
3º Lugar – Brado Retumbante – Autor: Paulo Markun – Editora: Benvirá

Romance
1º Lugar – Quarenta Dias – Autor: Maria Valéria Rezende – Editora: Editora Objetiva
2º Lugar – Caderno de um Ausente – Autor: João Anzanello Carrascoza – Editora: Cosac Naify
3º Lugar – Os Piores Dias de Minha Vida Foram Todos – Autor: Evandro Affonso Ferreira – Editora: Editora Record

Teoria/Crítica Literária, Dicionários e Gramáticas
1º Lugar – Do Mito das Musas à Razão das Letras: Textos Seminais para os Estudos Literários (século VIII A.C. – Século XVIII) –Autor: Roberto Acízelo de Souza – Editora: Argos Editora da Unochapecó
2º Lugar – História da Literatura Universal – Autor: Ana Maria Junqueira Fabrino – Editora: Editora Intersaberes
3º Lugar – Gramática da Língua Portuguesa Padrão com Comentários e Exemplários – Autor: Amini Boainain Hauy – Editora:Editora da Universidade de São Paulo

Tradução
1º Lugar – Spinoza Obra Completa – Vols. 1 a 4 – Tradutor(a): J. Guinsburg, Newton Cunha e Roberto Romano – Editora:Editora Perspectiva
2º Lugar – Vida e Destino – Tradutor(a): Irineu Franco Perpetuo – Editora: Editora Objetiva
3º Lugar – O Mundo Como Vontade e Representação, Tomo II – Tradutor(a): Eduardo Ribeiro da Fonseca – Editora: Editora UFPR